Bem-Vindo ao site da Ultraforma!


Para entrar na sua área, por favor preencha os seguintes campos de modo a efectuar a sua autenticação:

Área de Autenticação

Encontrou Problemas?

       Esta área é dedicada a todos os clientes da Ultraforma - Tecnologia e Serviços Informáticos! Aqui os clientes poderão se informar sobre os seus produtos, receber assistência, reportar problemas, etc.
       Caso encontre algum problema ao aceder a esta área por favor comunique-nos o mesmo clicando Aqui...

Área de Clientes
Primavera Professional

Resposta às necessidadesPrimavera
das empresas mais
exigentes
Sage - Gestão Comercial

A melhor solução comoSage - Gespos
resposta ao sector
do Retalho
WinRest - FrontOffice

A Solução Global paraWinrest
o seu negócio de
Restauração


       O Sistema de Normalização Contabilística Português (SNC) surge como resposta nacional à transposição do regulamento (CE) nº 1606/2002. Este regulamento comunitário tem como objectivo assegurar o funcionamento eficiente do mercado de capitais da União Europeia (UE) e do mercado interno, através de um processo de harmonização da informação financeira que mantenha assegurado um elevado grau de transparência e comparabilidade na informação financeira prestada pelas empresas.

       O SNC revoga o POC e legislação complementar e é constituído por um conjunto de Normas Contabilísticas de Relato Financeiro (NCFR) e de Normas Interpretativas (NI), que substituem os vários planos oficiais de contabilidade, assim como as Directrizes Contabilísticas e Decretos-Lei que regulam a actividade contabilística em Portugal.

       O SNC assenta, por isso, nos seguintes elementos:

  1. Decreto-lei de enquadramento;
  2. Bases e normativos de carácter geral;
  3. Modelos de declarações financeiras;
  4. Codificação das contas;
  5. Normas contabilísticas de relato financeiro (NCRF);
  6. Normas contabilísticas de relato financeiro para pequenas empresas (NCRF-PE);
  7. Normas interpretativas (NI);

       Trata-se de um modelo de normalização assente em princípios que pretende, acima de tudo, contribuir para a convergência internacional, promovendo a transparência e comparabilidade das demonstrações financeiras e a desejada eficiência e eficácia do mercado de capitais, estando por isso em sintonia com as normas internacionais de contabilidade emitidas pelo IASB e adoptadas na UE.

       Com a adopção do SNC as regras contabilísticas portuguesas (NCRF)
aproximam-se às Normas Internacionais de Contabilidade que determinam os procedimentos a adoptar em matéria de reconhecimento, mensuração, apresentação e divulgação das contas das empresas. Este processo acompanha a tendência de harmonização contabilística que cruza várias culturas, blocos económicos e sectores de actividade.

© Ultraforma - Tecnologia e Serviços Informáticos - Copyright 2010, Todos os direitos reservados